Spray capaz de transformar superfícies em células fotovoltaicas

Um projeto liderado pelo pesquisador Illan Kramer, estuda uma nova fórmula de spray de células solares que podem agir em diversos tipos de superfícies usando materiais minúsculos sensíveis à luz (semicondutores), prometendo elevar o setor de energia solar a um novo patamar.

O método de fabricação da SprayLD System, nome dado à invenção, é muito prático e barato, realizado através de um rápido processo chamado de ALD, onde ocorre a deposição de camadas atômicas e os materiais são acrescentados às superfícies.

A simplicidade de toda operação é a razão para o sucesso dessa experiência, onde se aproveita o potencial dos pontos quânticos coloidais (CQD), o material semicondutor da solução para revestimento dos mais diferentes tipos de superfície – sendo útil tanto para um simples telhado de casa como para a superfície de um avião.

Uma superfície do tamanho do telhado de um carro, envolvida pela película revestida de CQD seria capaz de gerar luz para 24 lâmpadas fluorescentes compactas de 100 watts ou produzir energia para alimentar 3 lâmpadas.

O supervisor de Kramer, Ted Sargent, contou que o processo de revestimento feito através da pulverização superou todas as expectativas, mostrando um melhor controle e pureza. A ideia é priorizar o uso de peças disponíveis e acessíveis, com exceção do bico pulverizador (usado em usinas de aço).

O SprayLD ainda não possui plano de comercialização definido por ainda estar em fase experimental. Porém, a intenção é que em alguns anos este revestimento de CQD possa estar incluso na produção de equipamentos e construção de imóveis, o que tornaria a produção de energia muito mais limpa e econômica.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp