Estratégia de iluminação no varejo:
 como a luz do dia pode aumentar as vendas?

Hoje em dia, a iluminação dimerizável (lâmpadas em que é possível regular a intensidade do brilho. Este controle pode gerar economia de energia e alterar a aparência visual e clima de seus ambientes) que integra a luz natural com LED, é para reduzir o aquecimento global. No entanto, longe de substituir a luz natural do dia como uma das principais fontes de luz no ambiente interno, o argumento para a luz natural tem sido, na verdade reforçado pela tecnologia LED. Portanto, os LEDs tornam-se mais maleáveis à captação de energia e benefícios da luz do dia porque essa mesma luz permite a carga de energia dos LEDs reduzindo ainda mais os desperdícios.

O que popularizou os domos para a grande rede varejista foi o aumento extraordinário das vendas que o Walmart conseguiu quando eles inauguraram a sua primeira loja modelo em Lawrence, Kansas, em 1993. Especialmente os domos foram instalados na metade do telhado da loja. Os produtos localizados debaixo dos domos eram mais vendidas do que aqueles sob iluminação eléctrica fluorescente. Para validar o aumento dos resultados de vendas sob iluminação natural, o Walmart trocou de lugar uma mercadoria de um lado da loja para o outro e notou o mesmo aumento de vendas para a mercadoria que  foi levada para o zona iluminada pela luz do dia. Ao instalar domos, os grandes varejistas têm uma oportunidade única para um jogo triplo: reduzir os custos de energia, aumentar as vendas e proporcionar um maior conforto visual aos seus consumidores – tudo ao mesmo tempo. A principal oportunidade está no setor supermercadista. Tudo, desde frutas frescas até garrafas de refrigerante, fica melhor sob os domos, porque a luz do dia torna todos os comprimentos de onda de luz dentro do espectro de cores visíveis. (Luzes elétricas, especialmente fluorescentes e LED, emitem um espectro de cores de luz irregular). Quando a mercadoria é iluminada com o amplo espectro da luz solar, suas verdadeiras cores são refletidas com uma intensidade uniforme, tornando-as mais atraentes para o olho humano. Isso se deve ao fato de que o IRC (índice de recepção de cores), proporcionada pela luz natural ser  100%. Os principais benefícios da luz do dia para os varejistas também incluem o aumento do tráfego de pessoas, porque as lojas com iluminação natural são mais convidativas.

Como isso afeta a geração Y enquanto consumidores?

A geração Y conhecida por ser a geração mais preocupada com o meio ambiente, uma vez que seus pais não se preocuparam tanto, estão muito interessados em deixar um bom lugar para seus filhos viverem, também é um público ávido por inovações, querem ter sempre a televisão mais moderna, o smartphone do momento, todos os produtos mais tecnológicos possíveis, mas como são preocupados com meio ambiente, também pesquisam a procedência dos produtos que consomem. A Amazon, que já tem clientes da geração Y, planeja abrir 2.000 lojas Amazon Fresh nos Estados Unidos até 2026. Trader Joe’s, a principal cadeia de supermercados em vendas por pé quadrado, atrai particularmente essa geração com suas ofertas de alimentos orgânicos. As lojas tradicionais de varejo podem adotar uma estratégia geracional por  tomar medidas ambientais. A geração Y representa agora 50% da população mundial inteira.  A maioria dessa geração já suporta uma taxa de carbono e também são a favor da transição para a energia 100% renovável. As histórias de sucesso da rede, como a utilização da luz natural como fonte primária de luz, são vitais para que os varejistas tragam a geração Y para as suas lojas. A razão pela qual a geração Y está tão vigilante com as mudanças climáticas é que os recentes relatórios da ONU comprovaram que as consequências imediatas dessas mudanças serão muito mais terríveis do que se pensava anteriormente. O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) descobriu que, para evitar que as piores consequências das mudanças climáticas ocorram logo em 2040, as emissões de dióxido de carbono devem cair para menos da metade do que são hoje – nos próximos 10 anos. É por isso que a utilização da luz natural interior é primordial: ao contrário da iluminação eléctrica LED, a luz do dia não consome energia, sem contar que o IRC da luz natural é 100% e não produz emissões de carbono. Estrategicamente colocada, a luz natural do dia no ambiente é um gerador de lucro para os empregadores. E diminuir em até 94% os custos operacionais com energia elétrica para iluminação.

Enquanto os varejistas precisam se envolver com a geração Y para uma viabilidade a longo prazo, os seus clientes são hoje provavelmente mais velhos e com necessidade de melhor iluminação. De acordo com dados de órgãos americanos, voltados ao uso de luz natural, pessoas com 55 anos ou mais requerem de 2 a 3 vezes mais luz para a mesma acuidade visual que as pessoas de 25 anos de idade, a luz do dia também afeta diretamente a nossa biologia e a nossa tomada de decisões. Cada fóton de luz desencadeia uma complexa resposta na rede de neurônios e endócrinos do sistema que enviam hormônios que circulam através de nossa corrente sanguínea para influenciar o cérebro, o corpo e o comportamento.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp